Falar ainda é mais fácil do que ouvir

Alguns hábitos nas empresas ainda são muito difíceis de mudar.

Apesar de estarmos numa grande onda onde com algumas palavras em moda como inovação, criatividade, colaboração e também com as empresas tentando criar ambientes de trabalhos mais flexíveis exatamente para estimular tudo isso, no fundo, quando eu olho para o comportamento das empresas nas suas estratégias de relacionamento com os clientes e, consequentemente, no seu marketing e comunicação, o que vejo é ainda um comportamento bem antigo de falar mais do que ouvir.

Recentemente escrevi aqui sobre como as empresas agem como se só elas existissem na vida de seus clientes e que mostrava bem este sintoma. Na verdade, a empresa fala mais do que ouve simplesmente porque é mais fácil.