O relacionamento entre as empresas na UTI

Estamos completando quase dois meses desde o início das quarentenas pelo Brasil e da “instalação oficial” da crise econômica e, pessoalmente, a única certeza que tenho é a de que não tenho certeza de nada. Creio que a maioria de nós nunca passou por um momento de crise tão abrangente como este, portanto, é até difícil ter referências para as tomadas de decisões. Assim, muitas decisões que hoje tomamos talvez se mostrem equivocadas em algum momento, talvez outras não. Mas é fato de que todos temos que fazer escolhas difíceis agora e que refletirão no nosso futuro, mesmo se a escolha for não fazer escolha nenhuma.