O bom relacionamento com o cliente não depende de dados

Costumo falar que a organização dos dados é um bom retrato do tipo de relacionamento que uma empresa constrói com seus clientes. Quanto maior a organização dos dados e o conhecimento sobre o seu cliente, ou seja, quanto maior a ordem, maior a possibilidade de se construir um melhor relacionamento. E minha experiência em projetos de dados até então têm mostrado que esta lógica ainda funciona.

Mas confesso que tenho repensado um pouco isso e tenho algumas dúvidas se esta lógica ainda fará sentido para a maioria das empresas num futuro não muito distante. Afinal, ter as informações sobre os clientes organizadas hoje em dia não é mais diferencial, mas obrigação das empresas e não apenas mais por escolhas estratégicas ou necessidades operacionais, mas também por força de leis, como a LGPD.