O cliente não tem sempre razão. Nem a empresa.

O cliente tem sempre razão. Não sei quem criou esta frase, talvez seja um cliente que nunca teve nenhum cliente.

Mas ela hoje está sedimentada de tal forma no mercado, que é comum vermos casos de clientes que se comportam de maneira intransigente, exigindo seus direitos (mesmo quando eles não existem) com brigas e ameaças. E do outro lado, encontramos marcas/empresas em “conflito existencial”, normalmente com áreas como de vendas ou de atendimento defendendo que o cliente tenha sempre razão, sim, para “ ficar de bem” ou ter menos dores de cabeça e a direção defendendo que o cliente não tem sempre razão, e em alguns casos, não tem razão nunca.