A escolha pelo bom relacionamento é corporativa e não pessoal

Costumo falar que as empresas não têm projetos, mas sim as pessoas que trabalham para elas. O que significa isso? Há muitos anos trabalho prestando serviços de marketing para empresas de diversos segmentos e tamanhos e, por muitas e muitas vezes, me encontrei num cenário onde o projeto em questão era um esforço de uma pessoa ou área, e não necessariamente da empresa como um todo. E como resultado, o projeto quase sempre acabava ou se enfraquecia quando o seu “owner” deixava a empresa por algum motivo.

Mas isso é normal, você pode pensar. Entendo que sim em muitos casos, mas quando falamos de coisas com impacto mais estratégico para a empresa, considero que esta questão deveria ser olhada com um pouco mais de atenção e critério.