A “morte” dos seres humanos nos SAC’s está próxima?

Tenho lido e ouvido muito sobre as mudanças que os serviços de SAC ou atendimento ao cliente nas empresas tem passado e o seu futuro. O avanço tecnológico tem sido muito rápido em vários setores (em alguns, mais rápido do que eu creio que deveria) e tecnologias como, por exemplo, a do “atendimento humanizado”, que abordei aqui em outro artigo, chatbots e até Inteligência Artificial, têm ganhado muita relevância ultimamente. Muitas ainda estão longe de estarem implementadas em larga escala e, talvez, muitas novidades ainda surjam antes mesmo que estas estejam consolidadas.

Mas este é um assunto que me chama muito a atenção, pois os “SAC’s” e serviços afins, operados por seres humanos reais, é ainda um dos principais canais para uma empresa conseguir OUVIR seu cliente. E digo OUVIR no sentido de a empresa dar uma real importância ao que o seu cliente diz, ou seja, OUVIR com atenção e sinceridade para…